Beleza & SaúdeMulher Moderna

Domine o seu metabolismo

Você sabia que ter o máximo possível de domínio sobre o seu metabolismo pode ser fundamental para quem precisa perder peso? Segundo Fabiano Lago, endocrinologista do Spa Clínica Estância do Lago (http://estanciadolago.com.br) e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, o metabolismo é o processo pelo qual seu corpo transforma o que você come e bebe em energia.

LEIA TAMBÉM: Guia detox para desinchar

‘Durante o processo, as calorias das comidas e bebidas são combinadas com o oxigênio. Assim, liberam a energia que seu corpo precisa para funcionar. Por sua vez, a energia que seu corpo necessita para realizar as funções vitais, como respiração, manutenção da temperatura, manter seu coração batendo é chamado de metabolismo basal [quanto de energia ou calorias gastamos para manter nosso corpo funcionando em repouso]. Este varia de pessoa para pessoa, de acordo com o sexo, a idade e a quantidade de massa muscular’, explica o médico.

Alimentação saudável x metabolismo 

Consumir alimentos adequados pensando no bem-estar e na qualidade de vida também é um fator que influencia no bom funcionamento do organismo e, consequentemente, do metabolismo.

‘Uma dieta pobre em gorduras saturadas e carboidratos também é benéfica para pacientes com diabetes e hipoglicemia [baixo nível de glicose no sangue]. Mas no caso de quem tem hipoglicemia, o recomendado é se alimentar com intervalos frequentes’, recomenda Fabiano Lago.

Bora organizar a sua alimentação e rotina de cuidados com a saúde? O Tempo de Mulher compartilha a seguir algumas dicas do endocrinologista Fabiano Lago.

Vamos lá?

CLIQUE NAS IMAGENS PARA CONFERIR AS DICAS!

*Curta a FANPAGE da Escola de Você

*Siga o Tempo de Mulher nas redes sociais: Facebook / Twitter / Instagram

*Curta a FANPAGE da Ana Paula Padrão

  • Fabiano Lago, endocrinologista do Spa Clínica Estância do Lago e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, alerta sobre a importância do café da manhã. 'Ele influencia seu metabolismo ao longo do dia'. Por isso, orienta o especialista, pães integrais, iogurte, frutas, café, leite, queijos magros e presunto fazem parte de um café da manhã saudável.
  • Outra recomendação é praticar mais exercícios em geral porque eles ajudam a substituir a gordura ruim por músculos.
  • Fabiano Lago compartilha algumas dicas de alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo, como chá verde, gengibre, pimenta, ovos, arroz integral, salmão e abacate.
  • ‘Coma mais vezes ao dia e em menores quantidades. Desta forma, o organismo vai perceber que não vai ficar tanto tempo sem receber alimento, ou seja, não precisa economizar e estocar calorias’, explica o endocrinologista.
  • Beber mais água é fundamental, afirma o especialista Fabiano Lago. 'Ela ajuda o sangue a transportar melhor o oxigênio para os músculos. Na falta dela, a pessoa fica lenta, menos ativa e queima menos calorias'.
  • Mais uma dica fundamental? 'Reduzir o consumo de carboidratos refinados (açúcar refinado, açúcar mascavo, mel, massas em geral, pães, arroz e feijão) e gorduras saturadas (manteiga, linguiça, gorduras das carnes e frituras em geral)', destaca Fabiano.
  • O especialista também indica aumentar a ingestão de vegetais (alface, rúcula, repolho, pepino), proteínas magras (filé mignon, frango, peixe.), grãos (grão de bico, ervilha e feijão) e cereais (trigo, aveia e granola).
  • Fabiano Lago, que é endocrinologista do Spa Clínica Estância do Lago e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, também recomenda aumentar a prática de atividades físicas não programadas. 'Opte pelas escadas ao invés do elevador quando for subir poucos andares, vá na farmácia, padaria, banca de revistas caminhando. Estas atitudes fazem muita diferença no gasto calórico ao final do dia', reforça o médico.
  • Além de exercícios aeróbicos, Fabiano alerta sobre a importância de não esquecer da musculação. 'Ela é importantíssima para preservar a massa muscular, ajudando a determinar seu metabolismo basal [quanto de energia ou calorias gastamos para manter nosso corpo funcionando em repouso]. Quem pratica musculação, por exemplo, queima mais calorias até quando está dormindo', afirma o endocrinologista.
  • ‘Trate doenças respiratórias como alergias, ou tudo que prejudique sua respiração. A oxigenação do sangue é fundamental para a prática de exercícios e o metabolismo’, destaca Fabiano Lago.
  • O endocrinologista reforça também que não se deve esquecer de dosar seus hormônios [por meio de exames], em especial os da tireóide, que são reguladores do metabolismo.
  • Na hora do treino, recomenda Fabiano Lago, faça exercícios com intervalos, alternando entre atividades de alta e baixa intensidades por pelo menos meia hora. 'Esse treino faz com que o corpo continue queimando calorias por até uma hora depois de concluir os exercícios, o que eleva o metabolismo e favorece o emagrecimento', explica o endocrinologista.
  • 'Controle o estresse', reforça o médico. 'Ele faz com que o corpo secrete altos níveis de cortisol (hormônio que favorece o acúmulo de gordura abdominal e aumenta a fome)', destaca.
  • 'Durma bem e tenha um sono de qualidade', define Fabiano Lago. Segundo o endocrinologista do Spa Clínica Estância do Lago e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, uma noite mal dormida causa cansaço e falta de energia durante o dia, atrapalhando a produção de diversos hormônios que controlam o metabolismo.
  • 'Faça acompanhamento médico durante o emagrecimento', orienta Fabiano. Ele ainda destaca que apenas o médico pode entender as peculiaridades da saúde de cada pessoa, bem como as características do metabolismo individual.
Redação